A - Maquinária para Curtumes

A10 - Estações de tratamento de resíduos. Sistemas de contenção.

Plantas físicas ou móveis para tratamento de resíduos sólidos, líquidos e gasosos objetivando reduzir os valores de concentração de poluentes dentro de limites estabelecidos pela legislação antes da liberação no ambiente.

A10.01 – Estação de tratamento de água

Estações de Tratamento de Efluentes construídas localmente. Usualmente a rede de água inclui três estágios principais: pré-tratamento, tratamento por oxigenação biológica e tratamentos adicionais incluindo separação do lodo.

A10.02 - Estação de tratamento do lodo

Unidades de tratamento do lodo, separadas nas fases de sedimentação. O principal uso é para eliminação do alto conteúdo de água no lodo e para redução de seu volume, assim como para estabilizar (não-degradável) com o objetivo de reduzir o impacto ambiental no estágio final de curtimento.

A10.03 - Estações de recuperação de resíduos perigosos.

Estações de tratamento e recuperação de resíduos perigosos; para recuperação de cromo em águas de curtimento, baseadas no princípio de floculação/precipitação de sal de cromo. Planta de tratamento de água de cabines de pintura para eliminação de produtos químicos presentes. Sistemas de lavagem confinados para tanques e reservatórios.

A10.04 - Estação de filtragem de sólidos

Sistemas de filtragem de água residual para remoção de objetos sólidos e redução de materiais suspensos por flutuação. É classificada em fina, média e grossa e feita por sistema de pinos, fulão ou filtro de tela.

A10.05 - Estação de tratamento de ar

Estações para filtragem de pó de pintura. Sistemas de remoção de poluentes dos gases de exaustão para manter as condições do ambiente de trabalho e a saúde dos trabalhadores sob controle. Estão presentes em cabines de pintura e nos estágios de tratamento de efluentes líquidos e lodo onde são gerados odores e atmosfera tóxica.